Certa vez eu estava ouvindo uma palestra do Murilo Gun e ele disse “você é a média combinada das cinco pessoas com quem você mais convive, seu círculo de influência”.

Fiquei com esse pensamento por uns dias e resolvi ir buscar no Google um pouco mais sobre o tema. Acabei descobrindo que essa frase na verdade é do Jim Rohn. A mensagem dele se resume em dizer que seu círculo de influência é o grupo de pessoas que você se cerca na vida, e essas pessoas influenciam de forma direta no seu dia a dia e cuja a vida também sofre sua influência.

Agora eu te pergunto, você já parou para pensar quem são as 5 pessoas com quem você mais convive e qual o poder de influência delas sobre a sua vida?

As pessoas que te cercam diariamente podem ter um impacto duradouro na sua vida. Essa impacto pode ser positivo e te alavancar, mas também pode ser negativo e por isso você deve ter cuidado.

Tendo refletido quais são as pessoas que influenciam a sua vida, pense se elas te levam para a zona (do conformismo, da passividade, da procrastinação…) ou te tiram dessas zonas . O seu círculo de influência hoje possui pessoas que estão dispostas a buscar os seus objetivos? São apaixonadas pelo o que fazem? Tem um propósito de vida? Aspiram ser bem sucedidos na vida?

Se as suas respostas foram SIIIM… parabéns, você está no caminho certo e precisa manter essas pessoas próximas a você!

Caso as suas respostas tenham sido negativas para a maioria das perguntas, é possível que esteja na hora de você repensar em seu círculo de influência. Claro que não estou dizendo para você deixar essas pessoas de lado e nunca mais conversar com elas. Mas se você quer sair da zona, será necessário começar a se conectar com novas pessoas e estabelecer vínculos positivos para a sua vida.

Para você ter um exemplo que como isso é verdade e foda, eu achei uma imagem no Pinterest mostrando o círculo de influência de algumas pessoas “pouco” importantes na história desse planeta (tá em inglês, mas dá para entender o conceito).

Tá bom Paula, já entendi. E agora o que eu faço?

Você deve se cercar de pessoas que gerem influências positivas para a sua vida, que façam de você uma alavanca para o sucesso e que você se torne bem sucedido nas suas conquistas. Por vezes, as zonas do conformismo, da passividade, da procrastinação já estão tão enraizadas na nossa rotina, que sair delas pode requerer abrir mão de algumas escolhas, como o seu círculo de influência atual.

Mas antes de falarmos sobre como alavancar o seu círculo de influência, vamos analisar primeiro como você está atuando como influência para as pessoas que estão próximas a você.

➢ Faça uma lista das maneiras que você “pode” estar prejudicando seus relacionamentos significativos e discuta a lista com um amigo(a) ou alguém de confiança.

➢ Você é confiável? Se você se comprometer com alguma coisa, isso é feito? Se você fizer algo, isso é feito corretamente e com entusiasmo? As pessoas podem contar com você? Anote exemplos de quando isso ocorre, e quando não ocorrem de verdade.

➢ Pense sobre a sua missão na vida. Você está no seu caminho para cumprir essa missão? Tome pelo menos um passo positivo nesse sentido e escreva mais três passos que você pode tomar no futuro.

Feito uma breve análise dos seus comportamentos, vamos as 4 dicas para você alavancar o seu círculo de influências.

4 dicas para você atualizar seu círculo de influências

1. Conquistar e manter amizades positivas

Sim, não adianta nada você conhecer um monte de gente nova ou mandar uma mensagem para aquele seu amigo antigo da faculdade que você nunca mais trocou ideia e depois de três dias simplesmente não manter o contato. O círculo de influência deve ser mantido a médio e longo prazo. Isso é tão importante porque a nossa vida não é uma monotonia, constantemente estamos passando por dificuldades ou mudanças de planos, e ter pessoas positivas a nossa volta e que nos conhecem profundamente fazem com que tenhamos uma rede de apoio muito forte e consistente. E o mais importante, eles não vão permitir que você dê para trás.

2. Descubra quais são as aspirações do seu novo círculo de influências

Aqui o pensamento deve ser estratégico! Procure por pessoas que possuem aspirações e um propósito de vida próximo ao seu. Descubra o que motiva essas pessoas e quais são as razões para você se manter presente e torná-la presente na sua vida.

Não entenda a palavra estratégica como uma manipulação. A proposta é apenas se conectar com pessoas que podem te alavancar com maior facilidade por ter afinidade com os seus sonhos e os mesmos interesses.

3. Demonstre reciprocidade e gratidão

Este item é muito importante! Mais importante do que receber, é dar. Pense em como você pode contribuir para o crescimento daqueles que estão em seu círculo de influências. Como é possível você alavancar essas pessoas para alcançarem seus sonhos? E ainda, como você pode aprender com essas situações e sentir gratidão por fazer parte desses momentos.

4. Faça acontecer!

Leu o post, achou bacana, percebeu que está tudo errado e você faz o que? N-A-D-A. Se você chegou nesse blog, é porque na zona você está. Seja a zona do conformismo, da procrastinação, da passividade… tanto faz.

Eu tenho algo a dizer, só ler e nada fazer vai te manter nessa vidinha por um bom tempo. Então o meu maior conselho é: assuma o protagonismo da história e faça acontecer, só depende de você!

Lembrando que esse é um processo que pode demorar um pouco de tempo até você estabelecer o seu novo ciclo de influências. Mas isso não é sinónimo de desânimo ou desistência!

Se você já tem um ciclo muito bem estruturado, o que acha de enviar uma mensagem agradecendo essas pessoas por elas estarem na sua vida? Alimente sua gratidão.